Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2012

Rebuçados de Ovo Portalegre

Os rebuçados de ovo de Portalegre são uma das minhas predições em doçaria, comemos um, dois, três e ficamos sempre com vontade de comer mais um! É um doce conventual nascido nos conventos da região de Portalegre há vários séculos. A receita foi transmitida ao longo dos tempos o que alimenta ainda mais este doce pecado e o seu segredo preservado entre as doceiras da Região aguça ainda mais o desejo destas bolinhas amarelas hiper calóricas! A Fábrica do Rebuçado de Portalegre escolheu esta emblemática receita para trazer até nos o primeiro de muitos doces.

Os critérios de qualidade são importantes e a conjugação da tradicionalidade da receita com as mais modernas exigências de qualidade e controlo da produção são uma prioridade da fábrica assim como não são esquecidos a investigação e desenvolvimento de produtos que visam continuar fieis às suas origens artesanais. A receita mistura com habilidade ovos e açúcar, com os incontornáveis segredos de antigamente, dando origem a um rebuçado …

Rebuçado de Ovo Portalegre

Chocolates Arcádia

Bombons Arcádia 
Mais ou menos por esta altura costumo ir passar um fim de semana ao Porto e claro que um sítio incontornável é a casa Arcádia na Rua da Almada 63. Este ano pelo menos para já, com muita pena minha não vou poder marcar o ponto numa das minhas cidades preferidas. Contudo é sempre uma delicia recordar os bons momentos que passei na melhor companhia do mundo e com quem partilhei bombons Arcádia e vinho do Porto. Uma combinação perfeita! Dizem que são os bombons melhores do mundo, não sei se serão os melhores mas que são únicos e insubstituíveis não há dúvidas. No sítio onde vivo as lojas de chocolates estão espalhadas pela cidade como cogumelos e já provei muitos chocolates mas sem dúvida nenhum que intimide o chocolate Arcádia. É o orgulho do que é nosso, do que é português, do que é bem bom. Anúncio antigo 
O chocolate deve ter “alma”, história e claro o sabor genuíno e aveludado, para ser perfeito. A família Bastos desde 1933 que se dedica ao fabrico de produtos tradicio…

10 reasons to visit Portugal

Chocolate Regina

Sombrinhas da Regina
Sempre adorei chocolate e os da Regina, são os meus preferidos. Quando fui morar para Lisboa, ironicamente a minha morada ia ser justamente na Rua Sá de Miranda em Alcântara, onde começou o percurso desta marca portuguesa que sempre se destacou no mundo dos chocolates, fundada em 1928. Acabei por não ir morar para essa rua mas o que nunca deixou de acontecer foi o meu gosto e interesse crescente por chocolate.  No meu imaginário uma parte do mundo devia ser de chocolate como nas historias doces que nos contam quando somos pequenos. Estar menos feliz, estar muito contente, estar em casa à lareira, estar na rua a passear, estar com os amigos, ir a outro pais, estar um sol imenso ou um frio de rachar SEMPRE É bom comer um chocolate e uma boa desculpa. Tenho uma amiga que é alérgica ao chocolate e quando penso nisso quase que fico deprimida por ela, logo tenho ainda mais vontade de comer esse tal chocolate! Talvez haja chocolates anti-alérgicos assim como existem sem a…

Confiança - Saboaria e Perfumaria desde 1894

Cheiros de Portugal e de Confiança Sabonetes Confiança
A Saboaria e Perfumaria Confiança teve início no norte de Portugal, mais propriamente em Braga, no dia 12 de Outubro de 1894, sob a orientação da dupla Silva Almeida e Santos Pereira. Começou por ser especializada no fabrico de sabão offenbach, posteriormente criou-se uma associação quase imediata à qualidade aos produtos da Confiança. A empresa vendia e apostava essencialmente em Portugal e nas colónias Portugueses da altura.
A reputação alcançada no sabão, deu abertura de mercado à Confiança para se emancipar comercializar produtos de beleza sendo um mercado por explorar na altura em Portugal. A empresa surpreende o mercado com produtos de cosmética de elevada qualidade e fabricados em Portugal. 1910 foi o ano que ficou marcada o pelo lançamento das primeiras marcas próprias, apresentando designes e fórmulas originais adaptadas. Com o fim da 1ª Grande Guerra e com as provas de sucesso um novo período de forte expansão na Confiança …

Lenços de Namorados

Bordadeira:Cristina Lopes – Aliança Artesanal – Vila Verde, 1950

O amor aos pedaços e bordado de norte a sul. É um amor que se escreve em linhas que se passeia e que conquistam. Sempre gostei da linguagem simbólica, ler para além das letras sentir para além do toque... Carregados de sentimento estes adereços marcam um universo de contos e histórias de Amor que já saltaram dos quadrados de linho para as loiças, vestidos. Percorrem agora vários caminhos com a intensidade e preciosidade de outros tempos. Gosto deles coloridos, poéticos e com mensagens escondidas nos desenhos que os decoram, um objeto de comunicação entre duas pessoas com uma linguagem estética e simbólica nas entrelinhas da sua exibição.
Bordadeira:Obra das Mães (Vila Verde) – 1950


Nem sempre foram conhecidos por “lenços dos namorados”, bordadeiras ou pessoas idosas recordam que inicialmente eram simplesmente apelidados de “lenços” ou “lencinhos” e não tinham a dimensão emblemática que tem hoje em dia. Tal como acontece com…

Portugal Promotional Tourism Film | 2011

No Film, Art & Tourism Festiva, o filme promocional turístico de Portugal foi premiado na Polónia, de realçar que este é o maior evento do mercado para apresentação e avaliação de filmes de promoção turística. "Portugal, the beauty of simplicity" distinguido em Varsóvia na categoria "The best film promoting country, region or city" alcançando um orgulhoso segundo prémio, entre 220 filmes internacionais que se apresentaram a concurso. Produção: Krypton Films Banda sonora do compositor português Nuno Maló (radicado nos Estados Unidos e detentor de uma carreira internacional na área publicitária e na indústria cinematográfica de Hollywood.)

Cortiça Portuguesa

Foto: O Montado (APCOR)

magem característica do Alentejo, de Portugal? Grandes planícies e os seus inconfundíveis sobreiros também conhecidos por Chaparros. Nome cientifico “Quercus Suber“ que pertence à família dos Carvalhos, é das espécies de árvores mais predominantes em Portugal com incidência no Alentejo litoral e serras algarvias. Mas é devido à cortiça que o sobreiro tem sido cultivado desde tempos remotos e que em 21 de dezembro de 2011 a Assembleia aprovou o projeto de resolução que veio a declarar o Sobreiro como “árvore nacional”. Somos os lideres mundiais em produção de cortiça que ocupa uma área aproximadamente de 737 000 hectares dos quais 3, 45 milhões de hectares são floresta portuguesa. É uma árvore que se renova de 10 em 10 anos aproximadamente e é submetida ao descortiçar, e assim sucessivamente, consegue viver em média 150 a 200 anos.                               Foto: João Paulo Redondo, Herdade das Faias, Alentejo 2007

A cortiça é um tecido vegetal que se extrai d…

Redes do Tempo - A voz e as mãos de Antero Raposo